Desde a antiguidade que o homem tem a necessidade de proteger os seus bens. A forma de o fazer evoluiu de acordo com o aparecimento de novos materiais, a natureza dos bens a proteger e o contexto económico e social da época.

Considera-se que a primeira caixa de cartão foi inventada na China no século XVI, embora só no final do século XIX se tenha popularizado tal como a conhecemos atualmente.

Com a segunda Revolução Industrial, a utilização do cartão para embalar mercadorias generalizou-se, enquanto novos materiais, como o metal ou o plástico, surgiram para responder às exigências do transporte de mercadorias.

Com a globaliza√ß√£o na segunda metade do s√©culo XX, a embalagem tornou-se uma parte essencial da cadeia de abastecimento. Nas √ļltimas d√©cadas, as embalagens foram utilizadas numa grande variedade de materiais: cart√£o, vidro, madeira, metal, pl√°stico, biopol√≠meros, etc.

No entanto, a escassez de recursos e a amea√ßa das altera√ß√Ķes clim√°ticas obrigaram a ind√ļstria a procurar alternativas √†s embalagens tradicionais, sem esquecer o seu objetivo de proteger os bens.

Embalagens de cart√£o

Com a viragem do século, os sectores da embalagem, do transporte e da distribuição enfrentam um novo desafio: a procura de sistemas de embalagem sustentáveis, impulsionada pela regulamentação ambiental e pelas preferências de um consumidor cada vez mais consciente do ambiente.

O que é uma embalagem sustentável?

As embalagens sustentáveis visam um maior planeamento do ciclo de vida das embalagens. Baseia-se nos princípios da Economia Circular: redesenhar, reduzir, reutilizar, reparar, renovar, recuperar e reciclar. Na prática, isto significa minimizar a quantidade de matérias-primas nas nossas embalagens que podem ser recicladas ou reutilizadas.

Assim, falamos de embalagens sustent√°veis quando:

  • Limita o peso e o volume ao m√≠nimo necess√°rio em caixas, paletes ou em contentores para proteger as mercadorias.

  • √Č feita de materiais ecol√≥gicos, como o cart√£o ou os pl√°sticos recicl√°veis. Se for utilizada madeira, esta prov√©m de florestas exploradas de forma sustent√°vel.

  • Pode ser reutilizada para o mesmo fim ou reciclada para gerar novos materiais.

  • N√£o gera res√≠duos poluentes ou perigosos para o ambiente ou para as pessoas.

  • As tintas e vernizes utilizados s√£o de origem ecol√≥gica.

 

Quais são os benefícios para as empresas da utilização de embalagens sustentáveis?

Além de preservar o meio ambiente, as embalagens sustentáveis trazem vantagens para as empresas que as utilizam.

Embalagens sustent√°veis para um mundo mais verde

Um menor consumo de embalagens significa poupança de matérias-primas e de outros processos relacionados com o transporte e a logística, como a redução dos tempos de deslocação interna e de espaço de armazenamento.

Menos consumo de embalagens significa menos res√≠duos. Al√©m disso, se a embalagem for reutiliz√°vel e/ou recicl√°vel, a empresa pode gerar novos lucros transformando ou vendendo estes res√≠duos a outras organiza√ß√Ķes, que os podem utilizar nos seus processos internos ou como mat√©ria-prima.

 

Não se deve esquecer que os consumidores confiam em marcas ambientalmente responsáveis. As empresas que utilizam embalagens sustentáveis têm a sua imagem e reputação social reforçadas.

Contactar-nos.